• Passagens 728x90

Ushuaia – Os sabores do fim do mundo

Uma das partes mais legais de uma viagem é conhecer a gastronomia do lugar que estamos visitando. E em Ushuaia não foi diferente, apesar de ter sido bem desafiador manter o equilíbrio entre o custo e o benefício, visto que a Argentina está passando por um período de inflação alta, o que deixou a alimentação no país um tanto quanto cara. Mas acho que deu para comer bem e provar dos sabores da cidade sem sair de lá com os bolsos vazios. A média de gasto por refeição, já com a bebida incluída, foi de 100 pesos (pouco menos de 50 reais) nos lugares normais e de 200 pesos (pouco menos de 100 reais) nos dois restaurantes mais sofisticados que conheci (Andino Gourmet e La Estancia Parrilla).

 E o que se come de típico em Ushuaia?

Ushuaia restaurantes


Como não poderia ser diferente, as carnes argentinas, com sua variedade e cortes suculentos, têm um grande espaço e são muito admiradas, até porque ajudam a manter o corpo aquecido. Mas, como Ushuaia é uma região de pesca marítima, frutos do mar também são muito apreciados. A Centolla, uma espécie de caranguejo gigante, é um dos símbolos da cidade. Pena que não pude experimentá-la, pois como disse no primeiro post, a cidade estava em baixíssima temporada e as principais casas que servem Centolla estavam fechadas. As que estavam abertas tinham preços proibitivos e foram deixadas para outra ocasião. Há ainda restaurantes italianos, japoneses, enfim, tem sabores para todos os gostos.

Centolla

Antes de falar dos restaurantes, deixo só mais uma dica: se quiser baratear bem o custo das refeições (especialmente no quesito bebidas), vale dar uma passada no maior supermercado da cidade, o La Anonima. Lá é possível comprar pacotes com sanduíches já prontos a preços bem mais baratos que os das lanchonetes locais. E o que mais compensa comprar no mercado são as bebidas. Cervejas e vinhos são muito mais caros nos restaurantes. Eu fazia assim: tomava uma cerveja durante as refeições e quando queria tomar mais ou experimentar um vinho, deixava para comprar no mercado, por menos da metade do preço, e tomava no hotel. E abro aqui um parênteses para as cervejas argentinas. Já conhecia a Quilmes, muito boa, por sinal. E lá eu conheci também as cervejas Patagônia e Beagle, fabricadas ali mesmo na região, que também são excelentes. Super recomendo ambas. São duas cervejas gourmet, mais encorpadas que a Quilmes, e, consequentemente, bem mais saborosas. E ainda são grandes aliadas na tarefa de esquentar o corpo.

Cerveja beagle

Vamos, então, à avaliação dos locais e dos pratos que comi.

Restaurante Parrilla La Rueda (San Martín, 193)

 

Meu primeiro restaurante em Ushuaia não foi a melhor das minhas experiências, bem pelo contrário. Pedi o famoso bife de chorizo argentino. E, ao invés do bife grosso e suculento como o esperado, veio um bife seco e fino. Nada saboroso, inclusive. O atendimento também não foi dos melhores. E olha que a gorjeta (propina, em espanhol) recomendada na Argentina é de até 20%, o que deveria garantir, pelo menos, um bom atendimento. O único ponto alto da refeição foi ter experimentado pela primeira vez a cerveja Beagle, sugerida pela garçonete. 


La Estancia Parrilha (Gdor. Pedro Godoy, 155 – perpendicular à rua San Martín)

 

Disposto a desfazer a má impressão diante do primeiro encontro com as carnes argentinas, fui experimentar outra casa estilo Parrilla. Acompanhado de um colega que conheci subindo o Cerro Martial, resolvemos não pedir o prato à la carte e cair matando no “Tenedor Libre”, o “coma o quanto puder” deles. E gostei bastante. Além de várias opções na área de buffet, com saladas e frutos do mar variados, as carnes são maravilhosas. Assadas na hora, ali na frente dos clientes. E o meu destaque vai para a carne de cordeiro, uma delícia. Só não provei o bife de chorizo, pois ele não estava incluído no “Tebedor Libre”. O atendimento foi excelente, sem ressalvas.

Parilla ushuaia


Azul Resto Bar (San Martín, 1302)


Não poderia sair da Argentina sem comer um excelente bife de chorizo. Por indicação de um brasileiro que conheci na cidade, fui ao Azul Resto Bar experimentar a iguaria. E valeu a pena. Nunca tinha comido uma carne tão macia e suculenta. Muito saborosa. E não posso esquecer do couvert servido antes do prato principal: uns pãezinhos com patê que estavam uma delícia. O atendimento também foi excelente. Recomendo bastante uma passadinha lá.


Villaggio (San Martín, 326)

O carro-chefe do Villaggio é o seu menu com pratos executivos a preços relativamente baixos, sendo que cada dia da semana, um prato é escolhido no cardápio para ter esse preço. Eu comi um bife à parmeggiana que estava demais. Eles também servem como couvert pães com patê que são muito bons. E vá com bastante fome, já que os pratos de lá são servidos em porções bem generosas.

Ushuaia restaurantes


Andino Gourmet (San Martín, esquina com a 25 de Mayo)


Não só de carne viveu esse viajante em Ushuaia. E foi no Andino que experimentei um dos pratos mais deliciosos que já comi: a Merluza negra. Servida com batatas assadas, ervas, salada e regada a muito azeite, a merluza já dá água na boca só de olhar. Simplesmente maravilhosa. Em termos gastronômicos, foi meu ponto alto em Ushuaia. O restaurante é bem chique e o atendimento é nota dez (eles também servem o maravilhoso couvert de pães e patê). A única ressalva que faço é uma suspeita que tive de que o garçom tentou me passar notas falsas, pois na hora de me dar o troco, ele tirou notas da própria carteira em vez de me entregar as que vieram do caixa. Para não gerar constrangimento, peguei as notas e, antes de sair, solicitei ao caixa que as trocasse para mim.


Ushuaia restaurantes

Tante Sara Café & Bar (San Martín, 701)

 

Como o próprio nome diz, o Tante Sara não é bem um restaurante e sim um Café & Bar. Ele fica bem cheio no café da manhã e no fim da tarde, mas eu acabei o conhecendo no jantar. Foi no dia 25 de maio, um feriado muito importante para os argentinos, quando eles comemoram a Revolução de Mayo, evento que resultou no primeiro governo argentino, livre dos espanhóis. Voltando para a gastronomia, o prato típico desse feriado é o “Locro“, uma espécie de sopa à base de carne de porco, carne de boi, abóbora, milho e feijão. Vale a pena experimentar. Sinceramente, não sei se eles servem esse prato nos demais dias do ano, mas se resolver conferir, o Tante Sara é, sim, uma boa opção.

 ushuaia restaurantes



137 Pizza y Pasta (San Martín, 137)

Saindo um pouco da cozinha típica local, a 137 Pizza y Pasta é uma excelente opção se você tiver com vontade de  comer massas. Gostei muito, tanto da comida quanto do atendimento de lá. Como recomendação, sugiro o ravioli verde com muçarela de búfala. Uma delícia. Me falaram muito bem também das empanadas que eles servem. Vale conferir.

Restaurantes Ushuaia

 


Laguna Negra Chocolateria (San Martín, 513)

Para finalizar, não poderia deixar de falar do delicioso chocolate da cidade. Eu provei o chocolate quente da Laguna Negra e viciei. Muito bom. E se estiver com bastante fome, vale provar o sanduíche que presunto e queijo, igualmente bom e… enorme. Difícil vai ser sair de lá sem levar nenhuma das iguarias que eles vendem: tem doces, patês, geleias e muito mais.

 
Restaurantes Ushuaia

 

Pronto, deu até fome de tanto falar de comida. Essas foram minhas experiências gastronômicas em Ushuaia. Ainda bem que a gente anda bastante quando está por lá, assim dá para queimar todas as calorias consumidas.

 

About Wesley Andrade

Viajante e escritor do blog Vividas Boas. Não perde a oportunidade de entrar em um avião para conhecer mais um pedaço desse mundo tão grande nessa vida tão curta. As estórias e as dicas acabam aparecendo aqui no blog entre uma viagem e outra.

4 Comments

  1. Muito legal seu Blog Wesley!
    Depois visite o meu, vamos trocar experiências!

    http://www.guiamundoafora.com

  2. Muito Obrigado, Thaís. Que bom que você gostou. 🙂

    Adorei o seu, muito lindo. Sem contar que os posts e as fotos estão demais. Nota 10. Parabéns!

  3. Hehehe, difícil foi manter a compostura diante de tanta comida boa. Abraços.

  4. Muito legal este post !!! Realmente a culinária de Ushuaia vale a pena conhecer !!!
    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • 728x900-Amsterdam-Portugese