• Oferta da Semana 728x90

Ushuaia – Navegação pelo Canal Beagle e o City Tour

Post atualizado em: 20/01/2016

Agora é hora de saber um pouco mais sobre as atrações e belezas de Ushuaia. Primeiro, falarei do City Tour que fiz, pois ele vai dar um panorama do que é a cidade e depois faço um breve relato de como foi minha navegação pelo Canal Beagle. Vamos lá, então.

Ushuaia canal Beagle
Ushuaia

Como disse no primeiro post sobre Ushuaia, a cidade é pequena, o que torna mais simples a locomoção e nos dá a oportunidade de conhecê-la facilmente. No mapa abaixo dá para se ter uma boa ideia de como é o centro de Ushuaia. A principal avenida é a San Martín e, logo abaixo dela, temos a Avenida Maipú, de frente para a Baía de Ushuaia. Uma caminhada pelas duas avenidas é recomendável para a gente já começar a sentir a cidade e ver o que ela pode te oferecer. Cada uma delas mede pouco mais de 1 km e em suas extremidades estão dois importantes pontos turísticos: o Museu Marítimo (à direita no mapa) e o Ponto Panorâmico de Ushuaia (à esquerda).

Ushuaia Mapa

Uma dica para se conhecer um pouco mais de Uhsuaia é fazer um City Tour. O mais famoso e tradicional é o que fica em frente ao Centro de Informações Turísticas de Ushuaia (San Martín, 674) feito a bordo de um ônibus azul de dois andares. Abro um parênteses aqui para falar do Centro de Informações Turísticas. Além de ser um excelente lugar para tirar dúvidas e pegar dicas sobre a cidade, eles têm um mimo muito legal para o turista: levando seu passaporte lá, eles o marcam com um carimbo de Ushuaia (há 3 tipos, eu escolhi o de cidade mais austral do mundo).

 
Passaporte carimbo Ushuaia
Carimbo no Passaporte

Voltando ao City Tour, ele custa 150 pesos e dura em torno de 1 hora ou um pouco mais. O ônibus passa pelos principais pontos históricos de Ushuaia (o Museu Marítimo, as primeiras casas, palácios do Governo, o antigo aeroporto, dentre outros). Enquanto isso, detalhes de sua história são narrados em inglês e espanhol pelo sistema de som do ônibus. Em complementação, a guia também traz algumas informações adicionais a respeito das principais localidades. É uma verdadeira aula. Há também uma pequena parada do outro lado da Baía de Ushuaia para que possamos tirar algumas fotos. E que fotos! Eu fui no final da tarde e o céu estava muito lindo. Particularmente, eu gostei bastante do Tour, visto que ele é uma viagem pela história de Ushuaia. Porém, se você estiver com pouco tempo ou com orçamento apertado, acho que ele pode ser dispensado, pois você acabará passando pelos mesmos locais (ou quase todos) quando for visitar as principais atrações oferecidas pela cidade.

 City Tour Ushuaia
City Tour Ushuaia

Fotos tiradas durante o City Tour

A outra é fazer o reconhecimento da cidade à pé mesmo, começando pelo Ponto Panorâmico. Como o próprio nome já diz, o local proporciona uma visão panorâmica bem legal de Ushuaia, com vista para os dois lados da Baía de Ushuaia. À direita, é possível também ver uma baía menor, a Baía Encerrada. Além do visual, há escadas que te levam para posições e alturas diferentes, o que garante belas e diferentes fotos. Se estiver nevando então, dá para brincar bastante na neve ali. É lindo ver a cidade toda branquinha lá de cima.

Ushuaia ponto panorâmico Ushuaia ponto panorâmico

Ushuaia ponto panorâmico noite

Vistas do Ponto Panorâmico de Ushuaia

Saindo de lá, descendo para a Avenida Maipú, há muita coisa para explorar. Tem a própria Avenida, a qual deixei para depois já que ela é tipicamente comercial. Entre ela e a baía, à esquerda de quem desce a rua, há um espaço grande, onde existem diversas pequenas Plazas (praças). A mais importante e mais imponente é a Plaza Malvinas. Lá está localizado o belo Monumento Islas Malvinas em homenagem aos mortos na Guerra das Malvinas e também um memorial com os nomes dos soldados que morreram na luta e uma chama que fica acesa por todo o tempo. Seguindo em frente, tem o Paseo de Los Artesanatos, um galpão com algumas lojinhas de artesanato que, infelizmente, estava fechado por causa da baixa temporada :(. A última plaza deste lado é a Plaza Cívica 12 de Octubre, onde tem um monumento do Rotary com a frase: “Que a paz prevaleça na Terra” escrita em dezenas de idiomas. Bem legal! Outra coisa que achei interessante, bem ali pertinho dos artesanatos, é a Cápsula do Tempo. Isso mesmo! Ela consiste em uma pirâmide de concreto, lacrada em 1992, com 6 discos de vídeo-laser contendo gravações de programas de televisão da época e dos desejos de cem argentinos para as gerações futuras. Ela só será aberta em 2492, 500 anos depois de ser lacrada.

 

City Tour Ushuaia - Monumento Islas Malvinas

Monumento Islas Malvinas (noite e dia)

 

Ushuaia cápsula do tempo

La Capsula del Tiempo

Ushuaia - margem Canal Beagle 

Olhando na direção da baía, vemos a região do Porto. É possível ver alguns navios encalhados, outros atracados. Há alguns clubes navais também. É uma região muito bonita. Mais alguns passos e chego nas cabines que vendem as excursões marítimas. Aproveitei e comprei uma navegação pelo Canal Beagle até o Farol Les Eclaireurs (já, já eu falo dela). Uma das cabines, inclusive, é uma tração muito procurada pelos turistas. Querem saber por quê? É que ela tem uma placa muito engraçada:

 

Ushuaia Culo del mundo

 

Finalizando a caminhada, chego à mais famosa placa da cidade, a do Município de Ushuaia com a denominação de “Fin del mundo“. Todo mundo que vai à cidade tem que tirar uma foto nesse ponto. Rsss

 Ushuaia - placa fin del mundo

A Navegação pelo Canal Beagle

Terminada a caminhada, hora de fazer a navegação pelo Canal Beagle. A empresa escolhida foi a Canoero e o passeio escolhido custou 275 pesos (hoje sai por 750 pesos – valores consultados em janeiro de 2016 – o que dá aproximadamente 230 reais) para cerca de 3 horas de navegação. Na verdade não tinha muito o que escolher. No dia, só estavam oferecendo a o passeio Lobos com trekking, que consiste na passagem pela Isla de los lobos, de los pájaros e o farol Les Eclaireurs, com uma descida para uma caminhada na Isla Bridge. Há duas saídas por dia na baixa temporada: 9:30 e 15:30. Além desse tipo de navegação, dependendo da época pode ser oferecido também a Pingüinera, que é o passeio que fiz, acrescido da Isla Martillo, onde poderão ser conhecidas as duas colônias de pinguins que habitam a ilha. Esse passeio dura umas 4 horas e custa 1050 pesos (aproximadamente 320 reais – valores consultados em janeiro de 2016). A incluir no valor já pago à empresa, temos que acrescentar mais 15 pesos para a autoridade portuária antes de embarcar.

Já dentro do confortável catamarã, seguimos viagem pelas águas tranquilas do Canal Beagle. A embarcação tem um pequeno serviço interno de venda de bebidas quentes e alguns lanchinhos. No frio de Ushuaia, um chocolate quente ou um café sempre ajuda. Uma curiosidade a respeito do canal é que ele separa a Argentina do Chile. De um lado do canal fica a cidade de Ushuaia, do outro o território Chileno. As paisagens são espetaculares, de tirar o fôlego. Após alguns minutos, passamos pela Isla de los Pájaros, onde a gente pode ver algumas focas e muitos pássaros, principalmente gaivotas. Em seguida, avistamos a Isla de los Lobos, essa com abundância de leões e lobos marinhos. O ponto de retorno é quando chegamos ao Farol Les Eclaireurs (Los Iluminadores). À medida que vamos navegando, a história dos primeiros navegadores a desbravarem a região vai sendo contada pela guia. Por fim, uma parada na Isla Bridge para uma pequena e rápida caminhada. Depois, foi só voltar aos cais, vislumbrando a belíssima visão da cidade de Ushuaia e da cadeia de montanhas que cerca a cidade, incluindo o cerro Martial, cuja visita conto nesse post

Ushuaia Canal Beable

 

Ushuaia Canal Beagle

Isla de los Pájaros e Isla de los Lobos

Ushuaia Canal Beagle

Farol Les Eclaireurs

Ushuaia Canal Beagle

Isla Bridge

 

Navegação Canal Beagle Ushuaia

Certificado de Bom Navegante

No final da Navegação pelo Canal Beagle ainda ganhei um Certificado de Bom Navegante!

É isso aí, esse é o primeiro relato das minhas andanças por Ushuaia. Mas não acabou ainda, vem mais por aí!

Hasta luego!

About Wesley Andrade

Viajante e escritor do blog Vividas Boas. Não perde a oportunidade de entrar em um avião para conhecer mais um pedaço desse mundo tão grande nessa vida tão curta. As estórias e as dicas acabam aparecendo aqui no blog entre uma viagem e outra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Oferta da Semana 728x90